Feeds:
Posts
Comentários

The bloody lot of you 2

“I walk down the corridor. The photographs on the wall. The trophies in the cabinets. Down the corridor and round the corner. Round the corner to the foot of the stairs. Then up the stairs until there on the stairs is Syd; Syd who says something that sounds like, ‘Yesterday, upon the stair, I met a man who wasn’t there. He wasn’t there again today. I wish that man would go away.’
‘Pardon?’ I ask him.
Syd stops at the bottom of the stairs. Syd turns back to look up at me and Syd says, ‘Round here they say if you pass someone on the stairs, it’ll lead to a quarrel or a parting, and that you’ll not meet that person again in heaven.’
‘Don’t worry,’ I tell him. ‘Didn’t think I’d be seeing you up there anyway, Syd.’
‘And I didn’t think you believed in God or a heaven.’
‘Having been here thirty-four days,’ I tell him, ‘I’ve changed my mind, Sydney.’
‘Why’s that then?’ he smiles.
‘Well, if there’s a hell like this place, then there has to be a heaven somewhere.’ p. 277
The Damned Utd
Anúncios

E agora em um post exclusivo!

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2010/04/dialogos-possiveis.html

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2010/05/dialogos-possiveis-2.html

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2010/08/dialogos-possiveis-3-batalha-final.html

http://salaodofogo.blogspot.com.br/2012/09/dialogos-possiveis-o-retorno-em.html
Não percam! 🙂

Muito tempo depois dos fatos acontecidos em nosso último episódio, Mirane vaga sozinha pelo mundo. Não conseguiu manter sua relação com o palhaço Buttons e agora perdeu todos os seus super-heróis.
Cansada, triste e sem saber o que fazer ela caminha pelas ruas desertas de uma cidade qualquer quando se encontra com o Lanterna Verde. Ela o odeia. Não o suporta, mas naquele momento ele lhe faz bem. Na verdade, naquele momento, ele lhe faz muito bem. Lhe faz rir até não poder mais e embora ela saiba que essa relação não tem futuro nenhum – afinal ela ouviu a profecia da queda do Lanterna Verde, de seu retorno ao suBmundo – ela se diverte imensamente com ele por um tempo.
Em um desses dias, em um desses momentos de diversão, ela sente. Ela sente que algo diferente se aproxima, algo invisível que nem mesmo o poder do anel do Lanterna Verde consegue tornar visível. É o medo, a queda… Subitamente uma sombra cai sobre seu novo passatempo, arranca-lhe o anel e diz:
– The ring is mine!
Aturdida diante de tamanho horror Mirane só consegue ficar parada e nesse estado de total choque ainda consegue ouvir a sombra que sussurra ‘My precious’…
Por mais que Mirane soubesse que o fim se aproximava e que a queda do Lanterna Verde fosse inevitável, ela se desespera e grita por socorro. Ela sabe que eles virão. Em alguns segundos lá estão eles: Batman, Homem de Ferro, Coringa e até mesmo Buttons.
Eles se aproximam e observam. A tristeza, embora mínima, é perceptível em seus olhos.
– Por favor, ajudem-no! – Implora Mirane.
– Desculpe, não há nada que possamos fazer – responde Batman.
– Mas você é o Batman! Como não pode ajudar?
– Sinto muito… nesse caso não há nada que eu possa fazer. O estrago é grande demais.
– Homem de Ferro?
– Embora odeie concordar com ele, ele tem razão. Não há nada que possamos fazer.
Ela olha desconsolada para Coringa e Buttons, mas eles apenas negam com a cabeça.
É o fim. O Lanterna Verde caiu.
Depois de alguns minutos de silêncio, Batman diz:
– Então parece que você está sozinha…
– Nem começa, homem morcego, se ela for ficar com alguém vai ser comigo! – diz Homem de Ferro.
– Hahahahahaha você são muito bobinhos, ela vai ficar é comigo…
E os três começam uma terrível discussão enquanto Mirane só assiste.
De repente todos ouvem uma voz que grita uma palavra irreconhecível e logo em seguida um homem alto, vestido de vermelho, aparece e diz:
– Fuck off you headless chicken. This is my woman. Just play the fucking football.
Em um canto, completamente esquecido, Buttons responde:
– Acho que você tá meio atrasado. Devia ter dito isso era pro herói verde ali que acabou de cair.
Todos riem, menos o Coringa, que diz:
– And I thought my jokes were bad.
THE END
Cena pós-créditos: Lanterna Verde levanta a cabeça e com seu último suspiro diz:
– This sport is stupid anyway.

The bloody lot of you

“She had never felt sorry for herself; she had only felt tired and cross, because she disliked people and things so much.” p. 109
The Secret Garden
“Mrs. Allen was one of that numerous class of females, whose society can raise no other emotion than surprise at there being any men in the world who could like them well enough to marry them.” p. 9
Northanger Abbey
“‘These gentlemen are from Derby County,’ Dave Russell tells young sleepy-head. ‘I have agreed a fee with them, Roy. So, if you want to go – and you don’t have to – but, if you want to go, you can become a Derby County player.’
But he doesn’t want to play for Derby. He wants to play for Liverpool –
For Bill Shankly.
Roy has spent his childhood on the Kop; his adolescence waiting for the call –
But Bill’s not called. Peter Taylor and Brian Howard Clough have.” p. 42
“To absent friends – fuck them all.” p. 231
The Damned Utd.

– I’m sad
– Why?
– Because I was born
– This is not a reason do be sad
– I didn’t ask your opinion

Happy Birthday Precious *-*

10 aninhos!

Eu não sei quem lê esse blog, se é que alguém lê, mas você, alma caridosa que lê, diga-me: se você soubesse que eu vou morrer semana que vem, o que você me diria?
Valendo um presente! (Só assim pra vocês participarem, né…)